SINTRACOOSUL presente no 2º Congresso Estadual da UGT-PR.

Num emocionante e histórico congresso a UGT-PARANÁ reelegeu, por unanimidade, o sindicalista Paulo Rossi para a presidência da central no estado. O 2º Congresso Estadual da UGT-PARANÁ, realizado em Curitiba, já é um marco para o sindicalismo paranaense. Além de eleger a nova diretoria da UGT-PARANÁ, mais de 500 lideranças sindicais, políticas e comunitárias discutiram assuntos relevantes para a classe trabalhadora.

O 2º congresso estadual da UGT - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Paraná, UGT-PARANÁ, realizado nos dias 2 e 3 de março em Curitiba, tendo como temas a “Copa do Mundo de 2014” e as “Olimpíadas de 2016”, com ênfase na qualificação profissional e no empreendedorismo, reuniu 513   delegados e delegadas sindicais, representando 189 entidades filiadas à UGT no estado. A abertura contou com a presença de diversas lideranças sindicais nacionais, dentre as quais o presidente nacional da UGT Ricardo Patah; do vice-presidente Enilson Simões de Moura, o “Alemão”; do secretário-geral Canindé Pegado; do secretário de Relações Institucionais Miguel Salaberry; do secretário Nacional de Fomento Institucional, Gilmar Pedruzzi; do secretário de Organização, Chiquinho Pereira; dos presidentes da UGT-RS, Paulo Barck e da UGT-SC, Waldemar Schultz, o “Mazinho”, e da UGT-RJ, Nilson Duarte que foi um dos palestrantes sobre o tema da Copa do Mundo de 2014. Dentre as autoridades políticas, destacamos a presença do deputado federal Eduardo Sciarra (PSD-PR); do prefeito de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues (PSD); do vereador e 1º Secretário da Câmara Municipal de Curitiba, Celso Torquato (PSD); do Assessor Especial da Secretaria Geral da Presidência da República, José Lopez Feijóo que representou o ministro Gilberto Carvalho; do diretor da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Biratã Giacomoni que representou o presidente da FIEP, Edson Campagnolo; do secretário municipal do Trabalho e Emprego de Curitiba, Paulo Bracarense, que representou o prefeito de Curitiba Luciano Ducci; do procurador-geral do Ministério Público do Trabalho no Estado do Paraná, Dr. Ricardo Bruel da Silveira; do chefe da FUNDACENTRO no Paraná, Adir de Souza.   Mário Celso Cunha, secretário do Estado do Paraná para Assuntos da Copa do Mundo 2014, fez excelente explanação sobre os preparativos e as obras em andamento em todo o estado do Paraná relativas à Copa 2014. “Gostaríamos de parabenizar a UGT-PARANÁ e ao presidente Paulo Rossi, que tive o prazer em trabalhar com ele quando esteve na Superintendência da Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego. Esse debate, para nós do Governo do Estado do Paraná, é de fundamental importância, pois estamos qualificando milhares de trabalhadores visando a preparação para esse evento que trará mais avanços econômicos e sociais para o nosso estado. Quero convidar a UGT para ser a nossa parceira na qualificação desses trabalhadores”, concluiu o secretário.   Todas as palestras tiveram muita participação e empolgaram os participantes. Entre elas a que abordou o tema: “Congresso Nacional e o Movimento Sindical” tendo como palestrante o assessor do DIAP, André Luis dos Santos e sobre o “Empreendedorismo e  as oportunidades de geração de emprego e renda na Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016”, cujo palestrante foi o secretário Nacional de Empreendedorismo da UGT e presidente licenciado do SINDIMEI – Sindicato dos Empreendedores Individuais do Estado de São Paulo, José Artur Aguiar. Tendo como tema “O Trabalho Decente nas obras da Copa do Mundo de 2014”, o presidente da UGT do Estado do Rio de Janeiro, Nilson Duarte, mostrou aos presentes como estão os preparativos do estádio do maracanã e como foi a greve liderada por ele nas obras que resultaram em melhores condições de segurança e melhores salários para centenas de trabalhadores envolvidos nas obras. Outro debatedor foi o chefe da FUNDACENTRO no Paraná, Adir de Souza, que explanou sobre os trabalhos realizados pela fundação no Paraná e das parcerias que as entidades sindicais podem firmar, bem como da aplicação das normas coletivas. Durante os trabalhos, o congresso ainda teve a visita do deputado federal Ratinho Júnior (PSC-PR) e do deputado estadual Ney Leprevost (PSD). No encerramento dos trabalhos, o presidente da Comissão Eleitoral,  companheiro Miguel Salaberry, secretário nacional de Relações Institucionais da UGT, secretariado pelo companheiro Wagner de Souza, que também é secretário Nacional-Adjunto para relações internacionais da UGT, foi reeleito o presidente Paulo Rossi, tendo como 1º vice-presidente Leocides Fornazza, presidente do Sindicato dos Comerciários de Maringá; 2º vice-presidente Marcelo Urbaneja, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Londrina; 3º vice-presidente Edionir Piaia, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Particulares de Cascavel; 4º vice-presidente Joel Martins Ribeiro, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Celetistas em Cooperativas da Região Sul do Paraná, tendo como secretária geral, a companheira Iara Freire, diretora da Federação dos Bancários no Estado do Paraná.   Além dos mais de 100 dirigentes eleitos para a direção estadual, fazem parte do órgão colegiado da UGT-PARANÁ, e compõem a chapa “União em Prol da Classe Trabalhadora” na condição de vices-presidentes, os dirigentes das seguintes federações filiadas à UGT: Gladir Basso – Federação dos Bancários; Vicente Silva – Federação dos Comerciários; Clair Spanhol – Federação dos Trabalhadores Celetistas em Cooperativas; Mário Cordeiro – Federação dos Trabalhadores na Saúde e Luiz Carlos de Oliveira – Federação dos Servidores Públicos do Estado do Paraná.   “Quero mais uma vez agradecer o apoio e a confiança de todos que acreditaram e acreditam no nosso projeto. Tenho a convicção de que a UGT no Paraná vai crescer mais ainda em qualidade com a ajuda e dedicação desses companheiros e companheiras que se juntaram à nós para fazermos da UGT um exemplo a ser seguido pelas demais entidades. Não posso deixar de ressaltar o desprendimento dos companheiros Marcelo Urbaneja e Edionir Piaia e da companheira Regina Freitas, pois sem o apoio deles, essa União não teria acontecido. Meu muito obrigado aos membros da comissão organizadora do nosso 2º congresso e as regionais Oeste, Norte e Litoral da UGT-PARANÁ, pois sem o apoio deles não teríamos realizado um dos melhores e mais representativo congresso já realizado por uma central sindical em nosso estado”, disse emocionado o presidente reeleito Paulo Rossi. O diretores do SINTRACOOSUL, Joel Martins Ribeiro / Presidente (centro foto) e João Maria Alves / Diretor Financeiro (esq foto), estiveram presentes no congresso. Joel Martins Ribeiro passou a integrar o órgão colegiado da vice-presidência da UGT-PR em sua nova gestão.