Richa anuncia segunda etapa do programa de distribuição de calcário.

O governador Beto Richa anunciou nesta quinta-feira (6) a segunda etapa do programa de distribuição de calcário para pequenos produtores rurais. O repasse de R$ 7 milhões para aquisição do insumo beneficia 13 mil agricultores de 131 municípios paranaenses. O anúncio foi realizado na sede da Cooperativa de Desenvolvimento e Produção Agropecuária, em Mangueirinha, região Sudoeste do Estado. “Há mais de dez anos o Paraná não tinha um programa de distribuição de calcário, desejado pelos nossos produtores rurais. O calcário vai garantir uma série de conquistas para o campo, a partir do aumento da produção no Estado”, disse Richa. Para o município de Mangueirinha, Richa e o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, assinaram convênio que prevê o repasse de cerca de 1 mil toneladas de calcário, no valor de R$ 70 mil. Desse total, R$ 49 mil estão sendo repassados pelo Governo do Estado e o restante é contrapartida da prefeitura. A retomada da distribuição de calcário foi anunciada pelo governador no dia 28 de setembro, em Curitiba. O governo vai distribuir 220 mil toneladas do insumo para 23 mil agricultores em 232 municípios do Paraná. O investimento total na aquisição é de R$ 12 milhões. O calcário é um insumo utilizado como corretivo do solo e eleva a produtividade das lavouras. Na primeira fase foram liberados cerca de R$ 5 milhões, para atendimento de quase 100 municípios com o repasse de 100 mil toneladas de calcário, beneficiando cerca de 10 mil produtores. “Toda planta e semente precisa de um local favorável para desenvolver seu pleno potencial. O calcário deixa o solo quimicamente mais adequado e os benefícios que gera ajudam a fixar o produtor no campo”, afirmou o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. Entre os municípios do Sudoeste que deverão ser beneficiados nesta segunda etapa do programa estão Pato Branco, Salgado Filho, Marmeleiro, Bela Vista da Caroba, Francisco Beltrão, São Jorge do Oeste, Vitorino, Itapejara do Oeste, Enéas Marques, Capanema, Nova Esperança do Sudoeste e Realeza. REFORMA AGRÁRIA – Também em Mangueirinha, o governador Beto Richa entregou as matrículas dos imóveis rurais Bom Retiro e Morro Alto. A medida permite a regularização das áreas, que já são ocupadas há 12 anos por cerca de 80 famílias de agricultores. As propriedades rurais somam R$ 2,780 milhões em bens e foram doadas pelo Estado ao Incra, que fica responsável pelo desenvolvimento do projeto e gestão do novo assentamento. A área de Morro Alto tem 850 hectares e a de Bom Retiro, 435 hectares. Para Richa, a formalização das áreas mostra o compromisso do governo de facilitar o acesso à terra para quem nela trabalha e de integrar os assentamentos aos processos produtivos, tornando-os economicamente viáveis. “A transferência das áreas para os agricultores era um pedido antigo que o governador Beto Richa agora atendeu”, disse o prefeito de Mangueirinha, Albari Guimovam. HABITAÇÃO – Richa também assinou um convênio para a construção de 97 casas populares no conjunto Mangueirinha II, no bairro Darci Veiga, em Mangueirinha. Richa afirmou; Que as novas residências fazem parte do Morar Bem Paraná, programa anunciado este ano que define a nova política habitacional do Estado e que vai atender mais de 100 mil famílias até 2014. Fonte: Site; Agência Estadual de Notícias, (07/10/2011).