16° Congresso das Cooperativas bate recorde de público em Francisco Beltrão

 

16° Congresso das Cooperativas bate recorde de público em Francisco Beltrão

O dia 17 de maio foi marcado pela realização do 16° Congresso dos Trabalhadores em Cooperativas do Paraná, realizado pela FETRACOOP-PR, no Marabá Eventos em Francisco Beltrão e batendo recorde de público, com mais de 2000 trabalhadores participantes. O ambiente acolhedor mostrou a preocupação da Federação e dos sindicatos filiados em atender bem o seu associado.

O evento que teve início por volta das 11h20m contou com a presença do deputado Estadual Wilmar Reichembach que na abertura comentou sobre a importância do trabalho da FETRACOOP-PR. “Esse evento é muito importante para os trabalhadores da classe das cooperativas, pois aqui é discutido o que o trabalhador quer, com transparência e honestidade. Parabenizo a todos os organizadores e aos sindicatos filiados pelo evento realizado no dia de hoje. No ano passado cerca de 2000 pessoas participaram do Congresso em Cascavel e hoje podemos ver que o número é maior, o que mostra um trabalhador interessado em dialogar com o seu sindicato.” Discursou o deputado.

Após a abertura e o almoço, aconteceu a palestra sobre economia doméstica. Depois, durante assembleia, os trabalhadores discutem a pauta para a negociação salarial 2015/16 tratou de reajustes salariais, piso mínimo, ticket alimentação e data-base que teve como principais pontos o reajuste salarial na ordem de 15%, reajuste no Vale Alimentação em 30%, data base para 1 de março e demais itens do rol de reivindicações que foram aprovados de forma unanime pelos presentes.

O anfitrião do evento, o presidente do Sitracoosp, José Altair Constantino conta que o resultado foi surpreendente. “Para nós do sudoeste é um momento ímpar, pois nunca tínhamos feito o congresso dessa magnitude. Hoje nós reunimos mais de 2000 trabalhadores em Cooperativas no Estado do Paraná, mais de 40 municípios do oeste estão presentes hoje neste evento e para nós do Sindicato é muito importante, valorizamos o nosso trabalhador do sudoeste e também a nossa sede. Estavamos preocupados com a distância, teve trabalhadores que percorreram seis horas de viagem em um ônibus para vir aqui hoje, inicialmente esperávamos 600 a 700 pessoas por conta da distância, mas hoje vemos um associado preocupado com o trabalho do sindicato e que mostra interesse em votar e acompanhar a pauta.”

Beno Schroder, presidente do Sintrascoom destacou a interação e o esforço do cooperado para participar do evento. “Esse evento marca o início das negociações salariais que pretendemos conquistar na nossa data base em 1° de junho. A presença desse grande número de trabalhadores é o que marca realmente a força do sindicato junto as cooperativas, para elas saberem qual a vontade e a necessidade desse trabalhador. Esse grande número de pessoas, reflete a confiança do trabalhador em seu sindicato, a nossa categoria é a única no Brasil que faz esse tipo de evento e isso engrandece as negociações, as participações e o desejo dos trabalhadores. Nós estamos gratificados pela presença do trabalhador que é quem faz o sindicato.”

Dando as boas vindas aos trabalhadores, o presidente da FETRACOOP-PR e Sinstrascoop, Clair Spanhol, agradeceu a presença do público. “É muito importante para nós conseguir reunir um número tão expressivo de participantes. Ficamos muito felizes em poder recebe-los para um dia diferenciado, mas muito importante com a nossa luta por melhorias para a categoria. Nós nos pautamos pelo respeito por todos que vieram até aqui, agradeço a todos que se emprenharam nessa forte luta para que isso se realizasse.” Disse.

O diretor do Sintracoosul ,Joel Martins Ribeiro lembrou de destacar as propostas discutidas na assembleia. “Agradeço a todos os presentes, aos diretores que trouxeram os trabalhadores para este congresso, realmente hoje tivemos um dia de interação muito importante, onde foi pautado as propostas na assembleia. Destaco  a importância de prestigiar o nosso cooperado que é o dono do Sindicato e que hoje se esforçou para participar desse congresso e saber quais eram as propostas. Estão todos de parabéns e nós temos que agradecer pela confiança e pelo carinho dos nossos associados.”

 

Cooperários receberam prêmios no congresso

Valorizando ainda mais o trabalhador em cooperativa, durante o congresso foram sorteadas 15 poupanças da Sicredi no valor de R$1.000,00 cada, além de brindes como bolsas personalizadas da Fetracoop-PR e um grande prêmio, uma moto 0km. Confira os ganhadores:

1- Jhon Carlos Vargas (Coopavel)

2- Helena Ramos de Oliveira

3- Alaor Eurchetti (Copacol)

4- Ivonei Alves de Souza (Copacol

5- Vera Lucia Leal (Copacol

6- Matians Gear Oliveira (Coasul)

7- Susan Carla Ksenhuke (Castrolanda)

8- Ana Maria Boaro (Copacol)

9- Pamela Rossa (Lar)

10- Mariele da Costa (Frimesa

11- José Luiz Stempinhaki (Agrária)

12- Rodrigo Oliveira (Coasul)

13- João Batista da Silva (Copacol)

14- Shamsuddin Ahmed (Copacol)

15- Zilmar Cigerza (Frimesa)

 

img_3336.jpg

 

 

img_6331.jpg

 

Ganhadora da MOTO

Rozenilda Feliciano dos Santos Braga (COPACOL)

 

 

Trabalhador em Cooperativa agora é Cooperário

O que você responde quando é questionado sobre seu trabalho? Quem trabalha no banco é bancário, quem trabalha no comércio é comerciário e quem trabalha em cooperativas é o que? Preocupados com essa questão, a Fetracoop-PR implantou a identidade para o trabalhador em cooperatativas que agora passa a ser chamado de Cooperário. A iniciativa da Federação se deu ao fato de que muitos não sabiam o que responder quando questionados. “Muitos respondem a função na cooperativa, como exemplo auxiliar de produção. Sendo que como exemplo temos que trabalha no comercio é comerciário, quem trabalha no banco é bancário e quem trabalha em cooperativa é cooperário. Essa identidade era o que estava faltando para nossa categoria que eleva a auto estima dos seus pertencentes.” Destaca o presidente Clair Spanhol.

 

Trabalhador em cooperativa agora tem identidade.

Durante muitos tempo nossa categoria busca uma identidade, até agora éramos trabalhadores em cooperativas e temos um papel importante no desenvolvimento do segmento, as cooperativas a cada ano vem crescendo e se tornando referência no desenvolvimento da cidade, do estado e do país, e os companheiros trabalhadores e trabalhadoras com dedicação, suor e competência tem sido fundamental neste desempenho.

                Homens e mulheres que soam a camisa a qualquer temperatura, acordam cedo e dormem tarde, e ainda tem a responsabilidade na qualidade final do produto que chega a mesa das famílias brasileiras.

Por isso nós da FETRACOOP e sindicatos filiados criamos a sua identidade, a partir de agora todos terão o respeito e atenção merecida da sociedade. Porque agora somos COOPERÁRIOS

DURANTE O CONGRESSO EM PARCERIA COM O SICREDI –PR foram sorteadas 15 poupanças no valor de R$ 1.000,00 cada, cooperarios de diversos municípios do estado foram contemplados, representando as bases sindicais.

ROL DE REINVINDICAÇÕES EXTRAIDO NO 16º CONGRESSO ESTADUAL DO TRABALHADORES EM COOPERATIVAS REALIZADO NO DIA 17/05/2015

 

img_6202.jpg

 

01 - PRAZO DE VIGÊNCIA

A vigência do presente Instrumento Coletivo de Trabalho será de 09 (NOVE) meses, iniciando em 01 de junho de 2.015 e terminando em 28 de fevereiro de 2.016.

 

02 - PROCESSO DE PRORROGAÇÃO E REVISÃO

Os entendimentos visando a celebração da nova convenção coletiva de trabalho, para viger no período de 01 de março de 2.016 a 28 de fevereiro de 2.018, deverão ser iniciados com antecedência mínima de 60 (sessenta) dias do término da presente convenção.

 

03 - CATEGORIAS E CLASSES ABRANGIDAS

O presente Instrumento Coletivo de Trabalho abrange os trabalhadores pertencentes a categoria dos trabalhadores em Cooperativas no Estado do Paraná, inclusive os terceirizados que prestam serviços às cooperativas.

 

04 - CONDIÇÕES SALARIAIS:

Ficam estabelecidas as seguintes condições salariais para todos os trabalhadores abrangidos pelo presente Acordo Coletivo de Trabalho.

 

04.1 - CORREÇÃO SALARIAL

A Cooperativa concederá um reajuste salarial de 12% (doze por cento), a incidir sobre os salários de maio de 2015.

 

05 - SALÁRIO NORMATIVO

O salário normativo, a partir de 01 de junho de 2015, para os empregados das Cooperativas será de:

 

5.1 – Para os Trabalhadores Aprendiz fica assegurado o Piso Base de R$ 788,00 (Setecentos e oitenta e oito reais).

 

5.2 – Para os Trabalhadores Admitidos em caráter experimental / temporário / rural ou por prazo determinado fica assegurado o Piso Base de R$ 1.200,00 (Um Mil e Duzentos Reais).

 

5.3 – Para os Trabalhadores que forem efetivados pelas Cooperativas e que não se enquadrem no item 5.2 do presente Instrumento coletivo, após o período de experiência, fica assegurado o Salário base de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais).

 

6.0 - VALE ALIMENTAÇÃO

A Cooperativa creditará através de cartão Visa-Vale, mensalmente a importância no valor de R$ 250,00 (Cento e cinquenta reais) para todos os empregados.

 

§ Único – O benefício que ora se concede não é considerado como salário in natura e não se incorpora à remuneração para nenhum efeito.

pós a realização do último pagamento, podendo ser representado por outros valores, a critério do empregado, como vale-mercado.

 

9.0 - MULTA

Em conformidade com o disposto no item VIII, do Artigo 613, da CLT, fica estabelecida a penalidade em valor equivalente a 5% (cinco por cento) do salário normativo, por empregado, pela inobservância do presente Instrumento Coletivo de Trabalho, que reverterá em favor da parte prejudicada.

 

10 - ENCERRAMENTO

Por assim haverem acordado, assinam este, em 4 (quatro) vias de igual teor e forma e para os mesmos efeitos, sendo também feito a transmissão via sistema mediador do Ministério do Trabalho e Emprego.

 

Francisco Beltrão 17 de maio de 2015.

 

DIRETORIA FETRACOOP