Cooperativismo de crédito facilita o empreendedorismo

A instabilidade política e econômica vivida pelo Brasil nos últimos tempos e a crescente taxa de desemprego fazem o brasileiro pensar em novas alternativas para a geração de renda. Segundo o presidente do Conselho de Administração da UNICRED do Brasil, Dr. Leo Trombka, uma cooperativa de crédito oferece ao empresário ou empreendedor de pequenos negócios basicamente os mesmos serviços e produtos ofertados pela rede bancária tradicional.

"Em uma cooperativa de crédito, não há clientes e, sim, associados. Portanto, é possível ter acesso a diversas vantagens como um atendimento mais personalizado e encontrar uma linha de crédito adequada de maneira menos complicada do que em um banco", explica ele.

Isso acontece porque cooperativas não visam lucro, portanto podem cobrar menos por todos os seus produtos e serviços. "As taxas em cooperativas chegam a ser até 20% menores do que em bancos comuns. Para empréstimos, por exemplo, os juros de cooperativas são a partir de 1,5% ao mês. Para conseguir um empréstimo em uma cooperativa, basta adquirir pelo menos uma cota-capital, uma taxa mínima para associar-se. A partir dai, o associado possui os mesmos poderes que todos os demais. Inclusive, poder de voto e acesso às linhas de crédito e a todos os outros produtos e serviços disponíveis.