Governo Federal amplia investimentos em programa de cooperativas do Paraná

Somente no ano passado, as cooperativas do Paraná faturaram pouco mais de R$ 60 bilhões, volume 19% superior ao registrado em 2014. Agora, com mais investimentos , a expectativa para os próximos anos é ainda maior. De acordo com o ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, o Governo Federal vai ampliar o Programa Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Cooperativismo e Associativismo Rural (Pisacoop), beneficiando 50 produtores rurais no estado, por meio de assistência técnica especializada, com foco em cooperativismo e associativismo.

“Queremos estimular esse setor em todo país para o que o pequeno produtor acesse o mercado. O nosso desejo é fazer com que todos cresçam”, afirmou Novacki. Nessa primeira etapa, o investimento é de cerca de R$ 650 mil, para um período de um ano, para o desenvolvimento de um sistema agropecuário econômico e sustentável.

Novacki destacou que o projeto tem como base de sustentação a indicação geográfica de produtos, a infraestrutura, a logística e o Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), entre outras áreas.

O programa tem como meta reduzir os custos de produção, aumentar a produtividade e a lucratividade e agregar valor aos produtos. Segundo o diretor de Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e da Produção Sustentável do Ministério, Pedro Alves Corrêa Neto, outro objetivo é preparar a sucessão familiar. “Muitas vezes a pequena propriedade não é vista como uma empresa e, por isso, os filhos do produtor não mantêm a atividade”.