Veja as seis profissões em alta no Paraná em 2017, segundo especialista

Um levantamento feito por uma consultoria aponta quais são as seis profissões que estão em alta no Paraná em 2017.

De acordo com a Michael Page, que é uma empresa em recrutamento executivo, o cenário deste ano exige habilidades gerenciais, disciplina orçamentária, boa capacidade de influenciar equipes e parceiros e fornecedores que incorporem sistemas mais eficientes e também ações de boas práticas.

A consultoria explica que profissionais atentos a essas tendências compõem o perfil de executivos procurados pelas empresas do estado neste momento, que conforme a Michael Page, é de provável retomada da economia.

Confira abaixo as posições listadas pela empresa, com as respectivas descrições:

1) Controller
O que faz: responsável pelo fechamento contábil, apuração e revisão de impostos, gestão orçamentária e consolidação dos resultados.
Perfil: experiência em gestão de custos, bom trânsito e relacionamento com todas as demais áreas da empresa, sólida visão de negócios e proatividade para garantir o resultado da companhia.
Salário: R$ 16 mil a R$ 22 mil
Por que está em alta: com a recessão dos últimos dois anos, é imprescindível ter um executivo que garanta um perfeito planejamento orçamentário e sua execução.

2) Gerente Comercial
O que faz: desenvolvimento e prospecção de clientes, manutenção e aumento da recorrência de vendas para os clientes existentes, gestão e desenvolvimento de equipe, gestão da estratégia comercial.
Perfil: experiência comprovada na manutenção e crescimento de margem de vendas, bom relacionamento com as principais marcas do segmento de sua atuação, alto nível de influência, comprovada bagagem em gestão de pessoas, processos e indicadores.
Salário: R$ 12 mil a R$ 18 mil
Por que está em alta: empresas buscam equilibrar rentabilidade com volume de vendas, aumentar seu market share e garantir o desenvolvimento dos times comerciais, mantendo uma base de clientes recorrentes e bem atendidos.

3) Gerente de Desenvolvimento Organizacional
O que faz: responsável pela avaliação de performance de todos os executivos da empresa, alinha o planejamento estratégico da companhia ao desenvolvimento profissional dos colaboradores, mapeando e retendo os talentos, desenhando plano de treinamento para eliminar as lacunas existentes no modelo de negócio.
Perfil : experiência em gestão organizacional, comprovada visão de negócio, grande vivência em aquisição de talentos e planejamento estratégico.
Salário: R$ 18 mil a R$ 22 mil
Por que está em alta: necessidade das empresas de elevar a performance dos seus executivos, visando o melhor resultado da companhia e auxiliar a liderança na definição da estratégia do negócio por meio da clara avaliação e desenvolvimento dos colaboradores

4) Gerente de Desenvolvimento de TI
O que faz: gestão de time de desenvolvimento de software com implantação ou manutenção de metodologia de projetos de desenvolvimento.
Perfil: conhecimento em diferentes linguagens, ambientes de desenvolvimento e database, em cloud ou localmente.
Salário: R$ 10 mil a R$ 18 mil
Por que está em alta: o avanço da era digital exigirá das empresas forte capacidade de lidar com a intensidade de oportunidades, riscos e dúvidas em Tecnologia da Informação. O gerente de desenvolvimento não apenas conduzirá projetos de avanço e criação de novos serviços, mas também deverá gerenciar expectativas da equipe e direcionar as atividades para a prioridade do negócio.

5) Gerente / Especialista de Melhoria Contínua
O que faz: desenvolve projetos de melhoria contínua por meio de metodologias de mercado, como 6 Sigma e WCM (ambos são sistemas de gestão e produtividade), buscando oportunidades de redução de custos e/ou aumento de produtividade através da revisão de processos.
Perfil da vaga: experiência mista em áreas de produção / desenvolvimento e programas de melhoria contínua
Salário: R$ 8 mil a R$ 18 mil
Por que está em alta: a redução de custos será fundamental. Parte considerável da melhoria de processos passará pela capacidade das empresas de revisar metodologias, estruturas e padrões de considerados eficientes, porém, onerosos para o negócio.

6) Especialista SSMA (Saúde, Segurança e Meio Ambiente)
O que faz: centraliza processos de saúde, segurança e meio ambiente para setores produtivos e administrativos. Realiza fiscalizações, revê processos e faz controle de riscos.
Perfil: perfil técnico-analítico com conhecimento de normas de segurança, procedimentos de saúde do trabalho e legislação ambiental.
Salário: R$ 6 mil a R$ 12 mil
Por que está em alta: além da reponsabilidade de coordenar todos os aspectos de saúde e segurança dos projetos, será fundamental sugerir medidas proativas para evitar incidentes antes que eles se manifestem como acidentes. As empresas precisaram de profissionais que antecipem cenários e promovam alertas relevantes.

 

Post Andressa Pinheiro Mendes - Paranaguá-PR
Fonte G1 (http://g1.globo.com/pr/parana/concursos-e-emprego/noticia/2017/02/veja-seis-profissoes-em-alta-no-parana-em-2017-segundo-especialista.html)